O proposito

Às vezes, quando me perguntam o que faço, ainda fico a pensar em como responder…

Não porque não o saiba internamente, mas porque sinto-o tão como um sentido de missão que fica desafiante colocar em palavras.

Há um livro que me ajuda a descrever qual é o sentido da minha missão: “O homem que plantava árvores” de Jean Giono, onde é narrada a história de um homem que dedicou a vida inteira a plantar árvores em terras que nem eram dele, terras ásperas, desertas, para fazer com que a terra ganhasse nova vida. Para que as gerações a seguir pudessem usufruir de terras revigoradas e férteis.

Claro que ele sabia que não iria poder desfrutar da sombra nem dos frutos daquelas árvores…fazia-o para um bem maior.

É aqui que entra o sentido de Missão.

Para mim é claramente deixar o mundo melhor de como o encontramos.

Assim como qualquer sitio, qualquer lugar, qualquer pessoa.

Contribuir, cuidar, semear, fertilizar.

Com dedicação, com persistência, em amor e em verdade.

Quem tem um sentido de missão entende.

É algo que nos ultrapassa.

É algo que dá força, que mesmo passando por alturas bem difíceis, economicamente desafiantes, há uma voz que vem de dentro que nos diz que não podemos desistir ou deixar de acreditar. Porque não é apenas para ti. É para o todo.

Com isso não quero de todo passar a ideia de sacrifício.

Eu ADORO o que faço.

Vibro a dar cursos, formação, palestras ou sessões. Energizo-me. Entusiasmo-me. Todo o meu Ser fica sintonizado numa frequência que vai além de mim. A minha alma regozija-se. É isso que não cabe em palavras…

É aqui que está a diferença entre fazer e ser.

A minha missão é a de ajudar pessoas a reconhecerem e seguir a própria essência, a própria unicidade, a ser gentis com elas mesmas, a libertarem-se das crenças e bloqueios que as condicionaram e limitaram toda a vida, a acreditar nelas próprias e nas suas capacidades, a responsabilizar-se pelas próprias ações e consequências, que confiem nelas próprias.

Sonho preparar terreno fértil para que as crianças tenham suporte para Ser quem elas são e que possam crescer enraizadas, confiantes e empoderadas para cumprir-se para o que vieram cá fazer sem muitos entraves 🙌

Sharing is caring!

Leave a Reply

Your email address will not be published.