Em Amor, Quer ganhes ou percas, tu ganhas sempre

Em Amor, Quer ganhes ou percas, tu ganhas sempre Filha.

Sabes que te amarei se tiveres sucesso.

E sabes que te amarei igualmente se falhares.

Porque o fracasso é apenas um pensamento, e o teu mérito não está ligado a coisas externas.

Não és menos porque ganhas menos, ou sabes menos, ou vences menos, ou possuis menos.

E não és mais porque tens mais, ou alcanças mais, ou consegues mais.

O inspirar não é melhor do que o expirar, meu amor, o cair é belo e o levantar, também.

A neve e a chuva são tão gloriosas como o sol de Verão; a mais pequena poça de água é tão grande como o Oceano Pacífico, e o núcleo da Terra sobreviveu aos mais ultrajantes triunfos e desastres.

Se tentar e vencer, vivência-o plenamente, saboreia-o plenamente, e aprenda a amar o seu sabor.

Mas se o fracasso e a desilusão te vierem visitar, se o desgosto e a perda surgirem no teu precioso coração, se o desespero e uma profunda solidão surgirem do nada, se te ridicularizarem e desprezarem, se te negligenciarem e te abandonarem, se não te virem como desejas que eles te vejam, saberás que não te abandonei; saberás que és digno como sempre foste, és tão amável, és tão extraordinariamente belo, num todo.

Aprende a amar o sabor da escuridão, bem como a luz.

Saboreia toda a vida o meu amor; foste construído para abraçar tudo, e o teu coração é vasto, e a tua coragem é de cortar a respiração.

Eu mostro-te este amor, e tu irás ensiná-lo aos teus filhos, e assim até ao fim do mundo. Em amor, tu és vitoriosa!

Texto traduzido livremente por mim do livro “The Way of Rest” de Jeff Foster.

Sharing is caring!

Leave a Reply

Your email address will not be published.