“Mamma mi leggi una storia?”

O momento de deitar é mágico, uma maravilhosa janela de oportunidade para criar vínculo, ligação, diálogo. Um momento em que as palavras saem baixinho, a voz é gentil, o abraço, os mimos embalam para a entrada do mundo do inconsciente. As crianças gostam de rituais, sentem-se seguras na previsibilidade deles, e isso é fundamental para que possam estar tranquilos e confiantes em entregar-se ao sono. Aconchegar, ler um livro, cantar, dar mimos, meditar, fazer uma massagem (aqui em casa é a preciosa Reflexologia que magicamente abre as portas para o mundo dos sonhos ❤️)…são traduções de “eu estou aqui contigo, estou a ver-te e amo-te”!
Mesmo nos adolescentes às vezes é o único momento do dia em que possa haver disponibilidade para um diálogo autêntico, onde possa haver vulnerabilidade. 


_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _


Il momento di andare a dormire é magico, una splendida finestra di opportunità per creare vincolo, legame, dialogo. Un momento in cui le parole sono sussurrate, la voce è gentile, l’abbraccio, le coccole cullano nel cammino verso l’inconscio, verso il mondo dei sogni. Ai bambini piacciono i rituali, si sentono sicuri per la loro previdibilitá, e questa sicurezza é fondamentale perché possano essere tranquilli e fiduciosi nell’affidarsi al sonno. Rimboccare le coperte, leggere un libro, cantare, fare i grattini, meditare, fare un massaggio (qui in casa é la preziosa riflessologia che magicamente apre le porte al mondo dei sogni ❤️)…sono traduzioni di “io sono qui con te, ti vedo, ti amo”! 
Anche con gli adolescenti può essere l’unico momento del giorno in cui ci possa essere disponibilità per un dialogo autentico, con spazio per la preziosa vulnerabilità.

Cuidar da Febre com Maça Cozida com Kuzu

❤️ Hoje vou partilhar esse remedio caseiro para ajudar as crianças quando estão com febre!

Quero de qualquer forma sublinhar que a minha relação com a febre é de colaboração, ela está a fazer o seu trabalho para eliminar algum “bicharoco ilegal”
É uma natural reação do sistema imunitário.
O que podemos fazer é manter o corpo hidratado e se nos sentimos desconfortáveis com os sintomas, podemos colocar umas toalhas mornas (não frias) no nosso corpo.

Em caso de bebes e crianças é ótimo o contacto pele com pele, pois a temperatura do corpo da mãe/pai pode ajudar a regularizar a do filho e assim também reforçam o vinculo 😉 !!
Normalmente nessas alturas não apetece comer, pois a sabedoria natural do corpo, concentra as energias no sistema imunitário e ao comer estaria a gasta-las na digestão. 
Mesmo assim, se o vosso filho aceitar (no caso das minhas pequenas é quase o único alimento que aceitam nessas alturas), esse pode ser um bom remedio que também nutre.

MAÇA COZIDA COM KUZU

O Kuzu é o amido da raiz de uma planta originaria do Japão e da America do Sul. Tem muitas propriedades medicinais, nesse caso vamos utiliza-la, juntamente com a maça para ajudar o corpo a lidar com a febre, acalmando e ao mesmo tempo dando mais vitalidade.

Preparação:
Colocar meio copo de agua fria num tacho, acrescentar uma colher de chá de kuzu em grânulos e misturar até diluir, acrescentar a maça cortada em pedaços pequenos e levar ao lume até a maça ficar macia, misturando de modo que não agarre ao fundo.

Comer o mais quentinho possível.
No caso de bebés, pode ser triturado.